Cloud

O QUE É:

Cloud Computing ou Computação em Nuvem é a entrega de computação como serviço ao invés de produto. Em outras palavras, é quando uma empresa fornece recursos computacionais em um local que não dentro da empresa do cliente. Para entender melhor, podemos utilizar alguns exemplos: um espaço que um Datacenter oferece para alocação de servidores; um servidor que é fornecido pelo próprio Datacenter; uma aplicação que é fornecida diretamenta ao cliente final (Microsoft Office 365); dentre outros.

PÚBLICA:

São Clouds em que a empresa só tem acesso desde o Sistema Operacional (Windows, por exemplo) até a aplicação em si, mas não sabe onde os recursos computacionais realmente estão alocados (em qual Datacenter especificamente). Também, é característico desta modalidade, o compartilhamento de recursos computacionais entre diferentes usuários.

PRIVADA:

Modalidade em que a empresa pode ter acesso desde somente o espaço físico até à aplicação em si. É característico desta modalidade, um maior controle por parte do gestor de TI, permitindo a criação de regras de uso e manutenção conforme necessidade do negócio. Geralmente é utilizado por empresas que precisam saber exatamente onde os dados dela serão alocados (no Brasil, por exemplo).

HÍBRIDA:

Híbrida: como o nome sugere, é uma junção das duas modalidades citadas anteriormente. É um dos cenários mais comuns no mercado, pois, dependendo da necessidade, pode ser vantajoso ter alguns recursos alocados na Cloud privada (saber exatamente onde os dados estão e, de forma aproximada, por quais locais passarão) e, ao mesmo tempo, lançar mão dos benefícios da Cloud pública (escalabidade, por exemplo).

PROBLEMA DE MERCADO:

Manter um infraestrutura de TI é custoso, tanto em recursos financeiros quanto em recursos humanos. Soma-se à isso a dificuldade em atingir uma escalabilidade aderente ao negócio, garantir uma segurança digital aceitável e conseguir uma agilidade no acesso à inovação tecnológica.

Uma dificuldade que as empresas enfrentam para entender os reais benefícios da computação em nuvem é o de computar custos ocultos no TI. Se encaixam nestes, o custo com energia (tanto o custo de manutenção quanto o de garantir autonomia da mesma), com refrigeração, manutenção de equipamento, dentre outros.

Quando se é computado todas as variáveis que envolvem os custos necessários para manter uma infraestrutura de TI, fica claro que o retorno do investimento não é facilmente identificável, evidenciando assim, a necessidade de analisar caso a caso com uma equipe capacitada para tal.

COMO TRABALHAMOS:

A equipe técnica da Tecnews está preparada para lidar com cenários de infraestrutura local e em nuvem, seja pública ou privada. Este conhecimento nos permite entender realmente o cenário da sua empresa, dimensionando corretamente e propondo, assim, a melhor solução possível para cada caso.

Temos vasta experiência com projetos de implantação, migração e atualização de infraestrutura locais e em nuvens públicas (AWS, Azure e Google Cloud Platform) e privadas. Também realizamos a manutenção e gestão dessas infraestruturas de diversos clientes, o que nos permite entender não só o inicio, mas, também, a continuidade do negócio de cada um deles.

Quer saber mais sobre Cloud?

Acompanhe e receba nossas promoções e notícias, fique por dentro de tudo o que esta rolando sobre TI no mundo.

Fique ligado!