POST07_BLOG03_blog

Entenda a diferença entre Backup e Disaster Recovery

Em tempos onde deter informações representa vantagens competitivas, quem pensa proativamente para evitar inatividade dos sistemas é rei. Vivemos no século onde os indicadores comerciais são altamente baseados na coleta e análise de dados. A informação tornou-se o principal ativo das organizações e essa é uma das razões pelas quais os procedimentos de backup são constantemente apontados como um dos principais sustentáculos da visão estratégica de qualquer empresa, independente de seu porte.

Existem basicamente dois tipos de empresas: aquelas que já perderam dados ou aquelas que ainda vão perder. A diferença entre elas é como planejam ou não suas ações de prevenção e recuperação para atenuar os riscos e manter o fluxo de dados não apenas seguro, mas também constante.

A perda de dados não é uma questão de SE é uma questão de QUANDO. Ela ocorre pelas razões mais diversas: falhas humanas e de softwares, desastres naturais, furtos, infecção por softwares maliciosos e etc..

Via de regra, as soluções de backup guiam uma rotina de realização de cópias de segurança em sistemas de armazenamento secundários para assegurar pelo menos 2 dos pilares que fundamentam a segurança da informação: integridade e disponibilidade.

Num cenário  de paralisação, se as informações de uma empresa permanecem indisponíveis por  horas ou dias, muito tempo, dinheiro e recursos técnicos são necessários para restabelecer as operações e dar continuidade aos processos. Fazer backups regulares minimiza os efeitos com o tempo de inatividade, garantindo que os dados permaneçam acessíveis e incorruptíveis em casos de incidentes.

Para evitar que uma situação adversa leve a paralisação total das atividades, a restauração de dados não deve ser amparada apenas por rotinas de backup. Aliado a ele é imprescindível também que se estabeleça um protocolo que dite ações sólidas sobre o que deve ser feito para uma rápida recuperação em caso de eventos de desastre, a isso chamamos plano de recuperação de desastres (Disaster Recovery Plan).

Backup e Disaster Recovery são conceitos diferentes, mas que se complementam.

Backup 

Em geral, uma solução de backup completa envolve software e hardware combinados criando cópias de segurança de arquivos e documentos em um ou vários ambientes de armazenamento secundários sejam eles locais, virtuais, em nuvem ou híbridos. Os tipos mais comuns de backup são:

Backup completo ou Full: todo e qualquer arquivo considerado crucial é copiado integralmente para outro ambiente.

Backup incremental: alimenta backups anteriores apenas com arquivos novos ou com aqueles que foram modificados desde a última execução.

Backup diferencial: tem um conceito muito próximo do incremental, mas com uma diferença: ele alimenta novas cópias considerando apenas arquivos novos e modificados desde o último backup completo, ignorando backups incrementais ou diferenciais executados.

Backup incremental contínuo: diferente da abordagem incremental comum, ele cria cópias contínuas de backups incrementais a partir de um backup full inicial, sem necessitar de todos os outros posteriores.

Disaster Recovery

Se você não tem um plano de disaster recovery, agora é um ótimo momento para começar a trabalhar em um. Em qualquer evento de interrupção, é no plano de recuperação de desastres que constará instruções e diretrizes que permitem lidar com circunstâncias adversas relacionadas aos processos e a infraestrutura da empresa.  Seu papel é determinar o que fazer para recuperar os dados e retomar as atividades com o mínimo de consequências e num intervalo de tempo aceitável.

Um plano de recuperação de desastres permite a identificação dos riscos mais prováveis (os tipos de interrupções que o negócio pode enfrentar); determina quais são as funções críticas do negócio e quais operações podem ser suspensas de forma temporária; estabelece uma equipe de resposta e o tempo de recuperação aceitável. Desenvolver um plano de recuperação de desastres que melhor se adapte às necessidades da sua empresa é importante para acelerar o processo de recuperação como um todo.

Imagine que só hoje você se deu conta de que a lição do despreparado é a perda! Você saberia estimar o quanto os arquivos da sua empresa são críticos e o que significaria perdê-los? Para muitos negócios, perder arquivos e documentos pode representar ficar fora do mercado por semanas, se não permanentemente.

 Quanto mais rápido você quiser recuperar e quanto menos dados estiver disposto a perder, mais você vai pensar nas soluções de backup e num plano de recuperação de desastres como investimentos e não custos.

Manter cópias de segurança de seus dados corporativos é crucial e deve ser tratado como tal. Uma boa rotina de backups  e um plano de disaster recovery são fundamentais para garantir a continuidade dos negócios, mas é bom lembrar que eles só serão úteis se  funcionarem. Para assegurar a recuperação de dados e sistemas dentro de um prazo bem curto, a TecNews.Net oferece serviços de gerência, instalação, suporte e as melhores soluções de backup e disaster Recovery para garantir a tranquilidade e os resultados que você espera.

Referências:  

Fontes: 

https://www.keeper.io/hubfs/2019%20Keeper%20Report_Final%20(1).pdf

https://www.forbes.com/sites/forbestechcouncil/2021/04/23/why-you-need-a-disaster-recovery-plan-for-the-cloud/?sh=225ba3bf14fc

https://www.forbes.com/sites/tomcoughlin/2021/03/31/2021-world-backup-day/?sh=4cad10de4183

Compartilhar este Post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp
Share on twitter
Logotipo Tecnews.net

Tecnews.NET

A Tecnews possui infraestrutura para suportar as mais variadas situações adversas sem que a prestação do serviço seja impactada, gerando confiança e disponibilidade para seus clientes

Categorias

Gerenciamento Antivírus

Preencha os campos abaixo. Em breve entraremos em contato.

Plano TecMail Zimbra

Preencha os campos abaixo. Em breve entraremos em contato.